Canalvivo: O Seu Canal de Notícias e curiosidades

Mercado financeiro será agitado nessa quinta-feira

Mercado financeiro será agitado nessa quinta-feira

 

Os 5 assuntos que vão agitar o mercado nesta quinta-feira

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em queda na última quarta-feira (18), com os Estados Unidos preocupando depois da ata da última reunião do Fomc (Federal Open Market Committee) acenar para um aumento da taxa de juros no país em junho, muito antes do que o mercado esperava. Esta quinta-feira (19), ainda deve ser um dia delicado para a análise de dados macroeconômicos norte-americanos, mas o investidor não deve tirar os olhos das sinalizações da equipe econômica de Temer e nem dos indicadores brasileiros. Confira os cinco assuntos que você precisa acompanhar hoje:

1. Bolsas mundiais
As bolsas chinesas tiveram leve queda nesta quinta-feira, com o volume de negócios encolhendo às mínimas em quase três meses e meio com muitos investidores preferindo manter-se afastados em meio a preocupações com a economia e com a possível elevação em breve da taxa de juros nos Estados Unidos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,18 por cento, enquanto o índice de Xangai ficou praticamente estável. O restante da região também recuou, com os mercados avaliando a possibilidade de outra alta da taxa de juros pelo Federal Reserve, banco central norte-americano, já em junho. Às 7:49 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,23 por cento, com a perspectiva de um segundo aumento dos juros nos EUA elevando as preocupações para os mercados emergentes, que já sofrem com a desaceleração da China. A ata da reunião de definição da política monetária do Fed destacou as visões das autoridades do banco de que seria apropriado elevar os juros em junho se os dados econômicos apontarem para um crescimento mais forte no segundo trimestre, como também inflação e emprego se firmando. O dia na Europa também é de queda seguindo a ata do Fed, com o DAX em baixa de 1,19%, o CAC 40 em queda de 0,90% e o FTSE caindo 1,35%. Vale destacar ainda que um avião da EgyptAir desapareceu dos radares na noite dessa quarta-feira (18), quando fazia a ligação entre Paris e o Cairo. Uma fonte aeroportuária grega disse à agência France Presse (AFP) que o avião caiu próximo à ilha grega de Karpathos, no Mediterrâneo, no espaço aéreo egício. O voo MS804 da Egyptair transportava 66 passageiros, entre eles um português, 15 franceses, um britânico e um canadense.

2. Entrevista de Meirelles
O SBT exibiu na última quarta uma entrevista exclusiva do repórter Kennedy Alencar com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Meireles disse que acreditar que a economia brasileira poderá voltar a crescer e o desemprego a cair nos próximos trimestres, mas ressaltou que essa recuperação vai depender da aprovação de medidas no Congresso Nacional. “Vai depender muito da eficiência de todas essas medidas, do efeito das aprovações do Congresso … e das expectativas de todas as pessoas de acreditar nessas medidas”, afirmou. Meirelles também afirmou que a inflação já está dando “sinais de arrefecimento”, e que o controle dos gastos públicos ajudará nesse processo. Questionado sobre quando o governo vai enviar as primeiras medidas fiscais para o Congresso, Meirelles disse que é preciso primeiro identificar o tamanho do rombo fiscal. “Até sexta-feira nós vamos ter o tamanho disso. A partir daí nós vamos começar a propor medidas”, declarou Meirelles, que considerou “razoável” a estimativa de que o déficit fiscal possa chegar este ano a 150 bilhões de reais. O ministro voltou a defender mudanças da previdência social, com a adoção de regras “razoáveis” que garantam o pagamento dos benefícios no futuro, e reiterou a importância do estabelecimento de uma idade mínima para a aposentadoria.

3. Pnad Contínua (Brasil)
Nesta quinta às 9h (horário de Brasília), sai a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio). A pesquisa produz informações contínuas sobre a inserção da população no mercado de trabalho e suas características, tais como idade, sexo e nível de instrução. O principal dado que o indicador trará é o desemprego referente ao primeiro trimestre. As expectativas dos economistas da LCA são de que haja um avanço para 10,9% na taxa. A Pnad Contínua investiga 211.344 domicílios particulares permanentes em aproximadamente 16.000 setores censitários, distribuídos em cerca de 3.500 municípios.

4. Defesa de Cunha
Hoje é o dia em que o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), irá pessoalmente ao Conselho de Ética da Câmara para fazer a sua defesa. Ele é acusado de quebra de decoro por supostamente ter ocultado contas no exterior e de ter mentido sobre elas em depoimento na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras em 2015. O processo de Cunha no Conselho de Ética é o mais longo da história. O advogado de Cunha, Marcelo Nobre, também fará a defesa do peemedebista. Após as falas de ambos, o relator do Conselho, Marcos Rogério (DEM-RO), terá até dez dias para apresentar um parecer.

5. EUA
Às 9h30 saem os pedidos semanais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos. Espera-se que 278 mil pessoas tenham entrado com pedido pelo benefício na semana passada, contra 294 mil na semana anterior. No dia de hoje, destaque ainda para a fala de representantes do Federal Reserve. O vice do Fed, Stanley Fischer, falará hoje às 10h15, enquanto William Dudley, presidente do Fed de NY, fala às 11:30.

(Com Reuters e Agência Brasil) 

Via> InfoMoney

Comente com o Facebook

comentários

Related Posts

Leave a Reply