Canalvivo: O Seu Canal de Notícias e curiosidades

Hacker é preso acusado de invadir celular e extorquir esposa de Michel Temer

Hacker é preso acusado de invadir celular e extorquir esposa de Michel Temer

 

A polícia de São Paulo prendeu, nesta quarta-feira (11), um hacker acusado de invadir o celular de Marcela Temer, mulher do presidente interino Michel Temer. O homem de 31 anos é suspeito de extorquir e ameaçar divulgar três fotos íntimas da mulher do presidente. Além do hacker, outras três pessoas também foram presas. De acordo com informações divulgadas pela polícia, o suspeito entrou em uma conta na internet onde Marcela armazena arquivos e fotos. O próximo passo do hacker foi invadir o celular da esposa de Temer para copiar toda a agenda dela e vários arquivos, incluindo as supostas três fotos íntimas. Com as fotos em mãos, o hacker se passou por político para tentar se aproximar ao máximo de familiares de Marcela e pedir R$ 300 mil para que as fotos não fossem divulgadas. A tentativa de extorsão aconteceu há 30 dias. O acusado foi encontrado em sua casa, na região de São João Clímaco, Zona Sul da capital paulista. O hacker, que trabalha como telhadista, foi preso juntamente com sua mulher e cunhada.  Ambas teriam incentivado o acusado a exigir dinheiro de Marcela para que as fotos permanecessem privadas. O advogado do acusado, Valter Bittencourt, afirmou que ele não ameaçou Marcela em nenhum momento. Bittencourt ainda nega que o hacker tenha cometido outros crimes virtuais, conforme aponta a polícia. “Ele nunca se meteu com isso, apenas viu uma oportunidade de ganhar dinheiro fácil e não percebeu que era a mulher de um homem importante”, afirmou.

Via Folha de S. Paulo

 

Comente com o Facebook

comentários

Related Posts

Leave a Reply