Canalvivo: O Seu Canal de Notícias e curiosidades

Lula toma posse, pede “pressa e ousadia”, promete governo popular e ignora aliados

Lula toma posse, pede “pressa e ousadia”, promete governo popular e ignora aliados

pose de lulaEm cerimônia esvaziada por um dia chuvoso em Brasília, Luiz Inácio Lula da Silva tomou posse do segundo mandato presidencial. Após desfilar em carro aberto -um Rolls-Royce de 1953- ao lado da primeira-dama Marisa Letícia, Lula chegou ao Congresso, onde ignorou aliados, como o presidente licenciado do PT Ricardo Berzoini, prestou juramento e pronunciou um discurso em que definiu três verbos como tônica de seu segundo mandato: “acelerar, crescer e incluir”.

Referindo-se a uma das prioridades do segundo mandato, o crescimento econômico, Lula pregou “pressa, ousadia, coragem e criatividade”. O presidente disse que lançará em janeiro um pacote com medidas econômicas para acabar com as “sérias travas ao crescimento”.

Lula prometeu, também, dar continuidade a seu “governo popular”. O presidente ainda atacou as elites. “Não faltaram os que, do alto de seus preconceitos elitistas, tentaram desqualificar a opção popular como fruto da sedução que poderia exercer sobre ela o que chamavam de ‘distribuição de migalhas’. Os que assim pensam não conhecem e não entendem este país”, disse.

Mais tarde, passou em revista uma tropa mista de Exército, Marinha e Aeronáutica e rumou ao Palácio do Planalto, com o Rolls-Royce agora com capota para protegê-lo da chuva. Já com a faixa presidencial, subiu a rampa do palácio e, em discurso no parlatório, classificou como “terrorismo” as ações criminosas no Rio de Janeiro e prometeu agir com “mão forte” para resolver o problema.

Comente com o Facebook

comentários

Related Posts

Leave a Reply